Boa notícia! Residência e Escritório Hans Broos


Foto Taís Ossani

O Núcleo Docomomo São Paulo em ação conjunta com a historiadora Mirza Pellicciotta e os arquitetos, Fábio Di Mauro e Walter Pires (DPH) estão realizando um Programa de Salvaguarda e Conservação física da casa, do escritório, do jardim e dos acervos da residência do arquiteto Hans Broos em São Paulo, localizada num terreno de 2000 m², no bairro Fazenda do Morumbi (antigo Jardim Morumbi), à Rua Dr. Oscar de Almeida, 586, e que possui também frente, e acesso, pela Rua Viriato Correia, 99, na cidade de São Paulo.

O engenheiro-arquiteto Hans Broos (Gross-Lomnitz, 1921-Blumenau, 2011) é considerado como um dos importantes arquitetos imigrantes, junto com Gregori Warchavchik, Bernard Rudofsky, Lina Bo Bardi, Victor Reif e Franz Heep, que foram responsáveis pela consolidação da arquitetura moderna no Brasil, e em São Paulo em particular. A obra de Broos, pela sua formação como engenheiro-arquiteto nas universidades técnicas de Praga e de Braunschweig (semelhante a Vilanova Artigas, este formado na Politécnica de São Paulo), evidencia um grande domínio técnico da construção em concreto armado por um lado, e por outro uma enorme sensibilidade para com o entorno, o ambiente, e a natureza que fica evidente na colaboração com o paisagista Roberto Burle Marx, do qual foi muito amigo. Broos foi um arquiteto prolífico que em meio século de atividade profissional no Brasil (1953-2004) idealizou cerca de 450 projetos (428 deles se encontram no acervo de São Paulo), sendo que pelo menos 150 desses projetos foram construídos, em vários estados brasileiros, ainda que sua produção se concentre em Santa Catarina e São Paulo.


Foto Taís Ossani

Foto Taís Ossani

A iniciativa tem como finalidade desenvolver na propriedade ações destinadas à: identificação, reconhecimento, conservação e valorização da residência do arquiteto teuto-brasileiro Hans Broos. A residência foi tombada pelo CONSELHO MUNICIPAL DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, CULTURAL E AMBIENTAL DA CIDADE DE SÃO PAULO (Conpresp) em 19 de março de 2018, gerando a RESOLUÇÃO 39/CONPRESP/2018.

A ação visa conseguir apoios institucionais e financeiros para a realização do Programa de Salvaguarda, que consiste tanto na conservação física da casa e do escritório, como nos acervos documental, bibliográfico e artístico existentes. Em testamento, datado de 2009, o arquiteto Hans Broos expressa seu desejo de doação efetiva do imóvel a uma instituição, que garanta que será constituído e mantido na residência, um centro de pesquisa e conservação da arquitetura.


Foto Taís Ossani

A instituição que desenvolva o programa de salvaguarda será promotora das ações de recuperação preventiva do imóvel, assim como das ações de inventário e conservação preventiva dos acervos, sem, contudo, pensar de forma imediata numa destinação específica para o imóvel ou para os acervos.


NÚCLEO DOCOMOMO SÃO PAULO

243 visualizações
  • Instagram
  • Facebook
  • Google +

NÚCLEO DOCOMOMO SÃO PAULO

Universidade São Judas Tadeu

Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Rua Taquari, 546 - Mooca | São Paulo - SP | CEP 03166-000

www.nucleodocomomosp.com.br | nucleo.docomomo.sp@gmail.com

RECEBA OS DOCOMEMOS

REDES SOCIAIS

APOIADORES

© 2019 by Núcleo Docomomo SP

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now